JORNAL DIGITAL DE INFORMAÇÃO INTERNACIONAL | DIRECTOR: JOSÉ GOULÃO

Terça-feira, 23 de Abril de 2019

O LADO OCULTO
ANTÍDOTO PARA A PROPAGANDA GLOBAL
O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.
UCRÂNIA: A FICÇÃO CONTRA O DRAMA DA REALIDADE

2019-04-22

Os eleitores ucranianos escolheram um presidente extraído da ficção televisionada. Mas o drama da realidade miserável e fascizante tem poder para impor-se.

ASSANGE FOI TROCADO POR EMPRÉSTIMOS DO FMI

2019-04-20

A entrega de Assange ficou decidida há dois anos, quando o presidente do Equador, Lenin Moreno, o trocou por 10 mil milhões de dólares de um empréstimo do FMI.

WASHINGTON MONTA GUERRA COLONIAL NA AMÉRICA LATINA

2019-04-19

Movimentações militares, uma reunião de conspiração para agredir a Venezuela, novas sanções contra a Nicarágua e contra Cuba. Nos últimos dias, a ofensiva colonial norte-americana contra a América Latina acelerou-se perante a sucessão de fracassos nas tentativas para derrubar Maduro e impor Guaidó. Um após outro, vão regressando ao activo, pela mão dos fascistas Bolton, Pompeo e Pence da administração Trump, os estrategos terroristas responsáveis por algumas das mais cruéis fases imperialistas no "quintal das traseiras". Uma ofensiva que dinamita as próprias fronteiras regionais, como a União Europeia começa a perceber.

A ESTRATÉGIA DO CAOS CONTROLADO

2019-04-19

A NATO celebrou 70 reforçando a estratégia para destruir, um a um, os Estados que não se enquadram no sistema de globalização forçada da economia.

TURQUIA ALTERA JOGO DE FORÇAS NO MÉDIO ORIENTE

2019-04-19

A Turquia está em rotura com os Estados Unidos e a NATO e parece em vias de criar uma aliança militar com o Irão e o Qatar.

INVASÃO DA VENEZUELA DEBATIDA EM WASHINGTON

2019-04-16

No dia 10 de Abril realizou-se em Washington uma reunião para "avaliar a utilização da força militar na Venezuela". Apesar de "privada" e organizada por um "think tank", o Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais, a reunião conspirativa teve a participação de membros do Departamento de Estado e do Conselho de Segurança Nacional, pertencentes pois à Administração Trump. A lista de participantes, que publicamos no final do artigo, incluiu o almirante Kurt Tidd, que é há muito uma figura de topo nas actividades contra a soberania da Venezuela como comandante do Comando Sul das Forças Navais dos Estados Unidos - cargo que deixou recentemente.

goto top

Recuperar password