O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

A CONSPIRAÇÃO PARA MINAR O PAPADO DE FRANCISCO

No momento em que o cardeal argentino Jorge Bergoglio foi eleito como o primeiro pontífice católico romano jesuíta da história papal, longas facas políticas visando o Papa Francisco I emergiram das sombras do Vaticano. Desde o início do papado, Francisco viu-se obrigado a lidar com o seu antecessor direitista, o papa Bento XVI – uma situação rara nos anais pontifícios – que insistiu em continuar a morar num apartamento situado no território do Vaticano. Bento não se limita a gozar uma reforma tranquila: conspira contra Francisco envolvendo pessoas e entidades influentes no Vaticano, em Itália, nos Estados Unidos e em outros países.

DE BRAÇOS BEM FECHADOS

Os pouco mais de cem refugiados que penavam à deriva no Mediterrâneo a bordo do barco “Open Arms” desembarcaram, finalmente, em Lampedusa, Itália. Cem refugiados, cem vidas salvas à condição, mas uma parcela ínfima de um drama que persiste mesmo quando a comunicação social domesticada não dá por ele. A embarcação, porém, foi apresada: parece que salvar vidas é crime.

EXTREMA-DIREITA MARCA PONTOS EM BRUXELAS

O recente encontro entre a presidente indigitada da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o primeiro-ministro húngaro, o neofascista Viktor Orban, revelou uma significativa identidade de pontos de vista em assuntos como a política de migração, a política de defesa e segurança e a indústria militar. “Concordámos com a necessidade de um novo começo e soluções pragmáticas sobre migração”, disse von der Leyen. Em questões de migração, a nova presidente da Comissão “é capaz de pensar com a cabeça dos europeus da Europa Central”, comentou Orban.

NATO E NAZISMO, UMA IRMANDADE

Que haverá de comum entre um grupo armado formado por membros das Waffen SS em Estados bálticos designado Irmãos da Floresta, o regimento Azov da Guarda Nacional ucraniana, o emir do Daesh no Magrebe, de seu nome Abdelhakim Belhadj, e o mistério do armamento sofisticado descoberto recentemente num santuário neonazi em Turim, Itália?

JOHNSON, TRUMP E O SALTO NO DESCONHECIDO

Com a designação de Boris Johnson como primeiro-ministro britânico, a vertente anglo-saxónica que gere imperialmente o neoliberalismo globalista fica nas mãos de populistas nacionalistas com vocações racistas e fascistas. É uma alteração qualitativa que deve ser lida em bloco tanto mais que, se o Brexit se consumar, o Reino Unido ficará ainda muito mais interdependente de Washington. Pelas suas características histeriónicas, Boris Johnson vem acrescentar um nível mais elevado de imprevisibilidade a uma situação onde avulta um Trump dramaticamente imprevisível. Estará o mundo, sob o império, à beira de um salto no desconhecido?

NATO GLORIFICA NAZIS DO BÁLTICO

Os Irmãos da Floresta foram um grupo armado da Estónia, Letónia e Lituânia formado por combatentes originalmente das Waffen SS hitlerianas que tentaram conter o avanço libertador soviético na fase derradeira da Segunda Guerra Mundial. Posteriormente actuaram como grupos de guerrilha anti-soviética sustentados pelos serviços secretos de grandes potências ocidentais. Hoje, no âmbito da guerra psicológica contra a “ameaça russa”, os Irmãos da Floresta são glorificados como heróis num documentário hollywoodesco da NATO no qual, porém, não couberam as suas origens e filiação nazis.

BILDERBERG, O TERRORISMO E OS COMPLOTS

A conspiração de Bilderberg deste ano já se cumpriu e passou à história clandestina dos conclaves. De que fazem parte, por exemplo, os antecedentes de atentados terroristas em Itália.

CHEFES DA UNIÃO EUROPEIA ESCOLHEM-SE À SOBREMESA

Seis dirigentes de países europeus representando os três maiores blocos políticos actualmente existentes no Parlamento Europeu, entre eles António Costa, reúnem-se esta sexta-feira ao jantar em Bruxelas para prosseguirem o grande negócio de atribuição dos lugares de chefia das mais importantes instituições da União Europeia.

A ÍNDIA E AS LIÇÕES DE UMA GIGANTESCA GREVE

Mais de 150 milhões de trabalhadores aderiram, na Índia, a uma das maiores greves gerais de sempre. Uma greve contra a escravatura e o neofascismo

POLÍCIAS ELEITORAIS OU AS DUAS FACES DA MESMA MOEDA

De um lado, Steve Bannon regendo a banda dos populismos e neofascismos; do outro, como se demonstra neste artigo, Blair, Aznar, Biden, Chertoff, Negroponte, Rasmussen e outros ases da "guerra contra o terrorismo" e da política de mentira coordenando o disfarce democrático da ditadura económica. Ambos apostam em todas as eleições que aí vêm combatendo as supostas interferências externas antecipando-se eles a interferir em modo de polícias eleitorais. Se têm divergências, é apenas nos meios; o fim é o mesmo, tentar eternizar o fascismo social onde medra o neoliberalismo, a ditadura do mercado livre.

OS ESTADOS UNIDOS, O “FASCISMO AMIGÁVEL” E O “FASCISMO HOSTIL”

O reaparecido fascismo latino-americano, "amigável" ou "hostil", obedece a uma agenda política e económica bem determinada

A TEIA DA ARANHA-ARMADEIRA - O GOLPE BOLSONARIANO

Quase duas semanas depois da segunda volta das eleições presidenciais brasileiros, feitos os primeiros balanços, começa a estar claro que o golpe concretizado através de Jair Bolsonaro resulta de uma estratégia organizada de tomada de poder pelo neofascismo recorrendo à manipulação do fenómeno endémico da corrupção com apoio com o sector da justiça já corrompido. E assim a anti-política toma conta da política para defender os "humanos direitos", como diz Hamilton Mourão, o general que vai assumir a vice-presidência e terá como "ministro da Cultura" um actor pornográfico.

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top