JORNAL DIGITAL DE INFORMAÇÃO INTERNACIONAL | DIRECTOR: JOSÉ GOULÃO

Domingo, 26 de Maio de 2019

O LADO OCULTO
ANTÍDOTO PARA A PROPAGANDA GLOBAL
O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.
TEMPO DE TREVAS PARA AS MULHERES DO ALABAMA

2019-05-19

O conservadorismo cristão, de matriz medieval, vai fazendo o seu caminho nos Estados Unidos. O Alabama decidiu agora proibir o aborto.

ATÉ AO ÚLTIMO DOS PALESTINIANOS…

2019-05-14

O que está em curso há mais de setenta anos contra o povo palestiniano é um genocídio. Bárbaro. Impune. Ignorado. Branqueado por uma “comunidade internacional” que repudia o próprio direito pelo qual deveria guiar-se; e por uma comunicação social vesga e totalitária que tomou conscientemente o partido dos genocidas, pelo que chega ao comportamento perverso de acusar as vítimas de práticas terroristas.

“GAZA JÁ ESCOLHEU: CONTINUAR A RESISTIR”

2019-05-08

Os últimos bombardeamentos israelitas contra Gaza foram uma advertência à "calma" para o festival da Eurovisão. Israel teme que os oprimidos lhe estraguem a encenação

UNIÃO EUROPEIA É CÚMPLICE DO APARTHEID ISRAELITA

2019-05-06

O embaixador cessante de França nos Estados Unidos, Gérard Araud, não tem dúvidas: Israel é um Estado que pratica o apartheid; e a União Europeia é cúmplice dessa situação aviltante para os direitos humanos agindo como um súbdito dos Estados Unidos e da política terrorista de Israel. Outros diplomatas de Estados membros da União pensam da mesma maneira, mas nada disso se reflecte na acção de Bruxelas e dos governos dos 28. A colonização da Cisjordânia está prestes a transformar-se em anexação e a União Europeia, proclamando-se "farol da democracia", não mexe um dedo para impedir que tal aconteça.

VOTEM APARTHEID !

2019-04-08

Eleições gerais em Israel. No editorial do Haaretz, o jornalista Gideon Levy denuncia que 100 dos 120 deputados defenderão a continuação do apartheid.

O MASSACRE DE SHARPEVILLE E O RACISMO HOJE

2019-03-19

Sharpeville, África do Sul, 21 de Março de 1960. O massacre de 70 pessoas ficou assinalado na história como um dos crimes mais horrendos do racismo institucionalizado. A data assinala actualmente o Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial. Porque ela existe, manifesta-se de forma menos sangrenta - a não ser em Gaza, por exemplo - mas continua insidiosamente entranhada nas nossas sociedades. Há quem rejeite a realidade da discriminação racial, também em Portugal. Um negacionismo que é, afinal, uma forma de a perpetuar e contra o qual se se realiza um acto cívico nesta quinta-feira, uma concentração no Largo de S. Domingos, em Lisboa, a partir das 18 horas.

goto top

Recuperar password