O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

UMA PRESIDENTE DO BCE COM CADASTRO MANCHADO

Christine Lagarde, directora administrativa cessante do Fundo Monetário Internacional (FMI), é a nova presidente do Banco Central Europeu (BCE). O presidente francês, Emmanuel Macron, agindo em nome de poderosos interesses bancários, foi fundamental para a sua indicação. Muito elogiada pela comunicação social dominante, Lagarde é igualmente a favorita de Wall Street e da Reserva Federal (banco central) dos Estados Unidos. A imprensa omite, porém, que Lagarde é uma funcionária corrupta envolvida em fraude financeira. A presidente do BCE tem antecedentes criminais.

GRÉCIA: O SUICÍDIO OU O ASSASSÍNIO DE UM PAÍS

Analistas ditos de esquerda, de direita ou do centro estão de acordo sobre a miséria que devasta a Grécia. E com razão. Porque a esmagadora maioria do povo grego vive com dificuldades económicas profundas. O desemprego está oficialmente em 18%, mas a sua taxa real é da ordem dos 25% a 30%. As pensões sociais foram reduzidas dez vezes desde que o partido Syriza – que se define como sendo de “esquerda” – assumiu o poder em 2015 e carregou o país ainda com mais dívida e mais austeridade. Em termos de serviços públicos, os que tinham algum valor foram privatizados e vendidos a empresas ou oligarcas estrangeiros. Hospitais, escolas, transportes públicos – e até algumas praias – foram objecto de privatizações, tornando-se inacessíveis a pessoas comuns.

CHINA, UMA DÉCADA DE RÁPIDO CRESCIMENTO

A China triplicou o seu crescimento económico numa década em que a União Europeia viveu entre a recessão e um anémico crescimento. Vale a pena olhar os resultados do modelo chinês, sem tabus e efeitos da propaganda.

COLUNA VERTEBRAL PRECISA-SE

O Chefe de Estado e o governo de Portugal actuam em concorrência degradante no desrespeito pela dignidade do país. Comportando-se com uma subserviência indigna para todos os portugueses, ignorando a Constituição da República no que à soberania nacional diz respeito, surgem alinhados com figuras e instituições inquietantes para a estabilidade do mundo. Um convida a patroa do FMI para o Conselho de Estado e vai ao Brasil abençoar a posse do fascista Bolsonaro; outro, asfixiando o país com a inútil obsessão do défice, envolve-se na estratégia de Trump que pode provocar um banho de sangue na Venezuela. Coluna vertebral precisa-se neste país à deriva e carente de identidade.

COMÉRCIO LIVRE E FASCISMO GLOBAL

Os acordos internacionais de comércio livre, negociados em segredo, são uma arma do capitalismo para impor o projecto de fascismo global, o seu objectivo.

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top