O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

DE BRAÇOS BEM FECHADOS

Os pouco mais de cem refugiados que penavam à deriva no Mediterrâneo a bordo do barco “Open Arms” desembarcaram, finalmente, em Lampedusa, Itália. Cem refugiados, cem vidas salvas à condição, mas uma parcela ínfima de um drama que persiste mesmo quando a comunicação social domesticada não dá por ele. A embarcação, porém, foi apresada: parece que salvar vidas é crime.

EXTREMA-DIREITA MARCA PONTOS EM BRUXELAS

O recente encontro entre a presidente indigitada da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o primeiro-ministro húngaro, o neofascista Viktor Orban, revelou uma significativa identidade de pontos de vista em assuntos como a política de migração, a política de defesa e segurança e a indústria militar. “Concordámos com a necessidade de um novo começo e soluções pragmáticas sobre migração”, disse von der Leyen. Em questões de migração, a nova presidente da Comissão “é capaz de pensar com a cabeça dos europeus da Europa Central”, comentou Orban.

UNIÃO EUROPEIA PERMITE DEVASSA DE DADOS DOS CIDADÃOS

Informações sobre os cidadãos europeus contidas na base de dados do Espaço Schengen estão a ser copiadas ilegalmente por autoridades de vários países, mesmo de alguns que não são membros desse sistema, incluindo o Reino Unido. Há conhecimento de que esses dados são transmitidos a empresas privadas e também às agências de espionagem dos Estados Unidos da América. Existem “riscos sérios e imediatos” para a integridade e segurança dos dados “e dos seus titulares”, reconhece um relatório confidencial ao nível da Comissão Europeia.

ISRAEL ACONSELHA PALESTINIANOS “A RENDER-SE”

Os palestinianos deverão "render-se a Israel", aconselha o embaixador de Netanyahu nas Nações Unidas. É a melhor e única solução, pelo que deverão abraçá-la e esperar pelo melhor.

BRUXELAS NO TPI: UM TESTE À IMPUNIDADE REINANTE

Juristas do Tribunal Penal Internacional (TPI) apresentaram à procuradora-geral um processo contra a União Europeia por "um ataque letal organizado contra populações civis" a propósito da política adoptada para "conter" os refugiados com origem na Líbia. Os juristas falam em 14 mil mortos e mais 40 mil pessoas expostas a "crimes contra a humanidade". Tem a palavra o tribunal. Terá coragem de ir até ao fim no apuramento de responsabilidades?

UNIÃO EUROPEIA LEVADA AO TRIBUNAL DE HAIA

Um processo apresentado no Tribunal Penal Internacional (TPI) de Haia acusa a União Europeia da morte de pelo menos 14 mil refugiados e de ser responsável por 40 mil vítimas de "crimes contra a humanidade".

ATÉ AO ÚLTIMO DOS PALESTINIANOS…

O que está em curso há mais de setenta anos contra o povo palestiniano é um genocídio. Bárbaro. Impune. Ignorado. Branqueado por uma “comunidade internacional” que repudia o próprio direito pelo qual deveria guiar-se; e por uma comunicação social vesga e totalitária que tomou conscientemente o partido dos genocidas, pelo que chega ao comportamento perverso de acusar as vítimas de práticas terroristas.

LÍBANO RESISTE À INVESTIDA COLONIAL DE POMPEO

O secretário de Estado norte-americano, Michael Pompeo, foi a Beirute fazer exigências ao Líbano para proveito de Israel; a diligência colonial não foi bem sucedida

OS TEMAS PROIBIDOS NO OÁSIS DE DAVOS

Existe uma relação directa entre os números crescentes de bilionários e de refugiados; uns voam de jacto para Davos; os outros afogam-se nas águas do Mediterrâneo

PALESTINA: NASCE ALTERNATIVA À FATAH E AO HAMAS

Já existe na Palestina - territórios e diáspora - uma alternativa política à hegemonia paralisante da responsabilidade da Fatah e do Hamas. A Alternativa Democrática Palestiniana, juntando algumas das mais históricas e organizações de resistência como a FDLP, a FPLP e o PPP, surge para quebrar o domínio bipartidário e ultrapassar as divisões internas entre as facções até agora dominantes. Reconquistar a independência da Resistência Palestiniana em relação a Israel e no quadro do mundo árabe é outro dos objectivos da nova coligação, que vem reforçar a organização popular contra a ocupação.

MILITARES NAZIS CONSPIRAM NA ALEMANHA

Pelo menos 200 soldados neonazis infiltraram-se nas forças de elite alemãs num quadro de uma conspiração mais ampla. Um oficial dos serviços secretos avisou os conspiradores antes de serem presos

LÍBIA: A CIMEIRA E A ATROCIDADE SILENCIADA

Os líbios pouco podem esperar dos que se reuniram na Sicília para "resolver a crise" do seu país: foram os mesmos que o destruíram com as bombas da NATO.

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top