O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

FASCISMO BOLIVIANO PEDE APOIO A ISRAEL

O regime racista e segregacionista que está em acção na Bolívia depois do golpe fascista contra o governo legitimamente eleito de Evo Morales pediu assistência de Israel para ajudar a reprimir as forças de resistência ao governo terrorista. Os golpistas de La Paz apostam assim na vasta experiência de Israel na guerra contra populações enraizadas e em limpezas étnicas para tentarem submeter especialmente as comunidades indígenas que conquistaram direitos durante os governos de Morales. Os colonialismos associam-se.

PROVADO: AFINAL AS FAKE NEWS JÁ VÊM DE LONGE…

Documentos oficiais tornados de acesso livre agora pelos Arquivos Nacionais Britânicos revelam que os governos de Londres financiaram secretamente meios de comunicação como a agência Reuters e a BBC para publicarem falsas notícias contra a União Soviética, instituições e organizações comunistas. Os documentos dizem respeito ao período entre 1945 e 1977; nada indica que tais procedimentos tenham sido abandonados desde então, independentemente das alterações na cena internacional e das mudanças de proprietários daqueles e outros órgãos de informação.

NATO GLORIFICA NAZIS DO BÁLTICO

Os Irmãos da Floresta foram um grupo armado da Estónia, Letónia e Lituânia formado por combatentes originalmente das Waffen SS hitlerianas que tentaram conter o avanço libertador soviético na fase derradeira da Segunda Guerra Mundial. Posteriormente actuaram como grupos de guerrilha anti-soviética sustentados pelos serviços secretos de grandes potências ocidentais. Hoje, no âmbito da guerra psicológica contra a “ameaça russa”, os Irmãos da Floresta são glorificados como heróis num documentário hollywoodesco da NATO no qual, porém, não couberam as suas origens e filiação nazis.

AGRESSÃO À VENEZUELA: UM ROTEIRO COM TRÊS ANOS

O almirante Kurt W. Tidd, chefe do Comando Sul dos Estados Unidos, recomendou há três anos o seguinte para a Venezuela: "é preciso explorar ao máximo do ponto de vista político, reforçando a matriz mediática, a escassez de água, alimentos, medicamentos e de electricidade”, “ligando a crise à responsabilidade exclusiva de Maduro”; e “pedindo à comunidade internacional uma intervenção humanitária para manter a paz e salvar vidas”. Qualquer semelhança com a realidade não é pura coincidência.

O BRASIL, AS NARRATIVAS “FAKE” E A ORDEM NEOLIBERAL

Nestas eleições, o Brasil tem sido um laboratório da estratégia global de "fake news". O seu efeito, porém, é potenciado por "narrativas fake" há muito instaladas.

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top