O LADO OCULTO - Jornal Digital de Informação Internacional | Director: José Goulão

O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

Assinar

ESTADOS UNIDOS RESSUSCITAM DAESH NA SÍRIA

Os terroristas do Estado Islâmico, ISIS ou Daesh voltaram a estar activos na província síria de Deir Ezzor, no nordeste do país, beneficiando de treino e outros apoios que obtêm em duas bases militares norte-americanas mantidas na região. Muito recentemente, jihadistas pertencentes a essa organização atacaram efectivos do Exército Árabe Sírio, as forças armadas nacionais.

GOVERNO HOLANDÊS ESCONDE APOIO AO TERRORISMO

O primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, admitiu que interveio pessoalmente para obstruir as investigações parlamentares sobre o envio de milhões de euros de dinheiro público para grupos terroristas que actuam na guerra contra a Síria. Este novo capítulo sobre o envolvimento do governo de Haia na operação terrorista que flagela o povo e o território sírios desde 2011 demonstra a hipocrisia flagrante das políticas da Holanda e, por extensão, da União Europeia, sobre o alegado “combate ao terrorismo” e a protecção dos direitos humanos.

WASHINGTON BOMBARDEIA IRAQUE COM IRÃO NA MIRA

Os bombardeamentos realizados nas últimas horas pela Força Aérea dos Estados Unidos contra territórios do Iraque e da Síria militarizam a crise iraquiana e criam uma situação nova no terreno – ainda indefinida – mas na qual está presente a permanente intenção norte-americana-israelita de atingir o Irão. De acordo com a versão dos acontecimentos difundida pela parte militar norte-americana, as forças alvejadas são supostamente “apoiadas por Teerão”, mas integram a coligação que sustenta o governo do Iraque.

ESTADOS UNIDOS ROUBAM OURO À SÍRIA, VIA ISIS

Ladrão que rouba a ladrão não deixa de ser roubo. É o que os Estados Unidos fazem, apropriando-se do ouro roubado pelo Isis ao Estado sírio.

ISRAEL ESCUDA-SE EM AVIÕES CIVIS PARA ATACAR A SÍRIA

No dia de Natal, seis caças israelitas protegeram-se atrás de voos civis de passageiros para atacar os arredores de Damasco, capital síria. O acto de agressão, que viola normas elementares do Direito Internacional, não mereceu, até agora qualquer palavra de qualquer órgão da ONU, incluindo secretário-geral, e da União Europeia. O acto evidencia duas realidades: Israel sabia que a Síria não ia fazer perigar os aviões de passageiros; o sionismo recorre a todos os meios desumanos para tentar driblar a zona de exclusão aérea instalada para proteger a Síria da agressão internacional.

ATAQUE QUÍMICO A SÉRIO COBERTO PELO SILÊNCIO

A ONU e a comunicação mainstream não se alarmaram, desta feita, com o ataque químico terrorista contra civis em Alepo, na Síria

PENTÁGONO USA ARMAS PROIBIDAS CONTRA CIVIS SÍRIOS

As forças ocupantes norte-americanas lançam bombas de fósforo branco na Síria contra populações civis, alegando "combater o Daesh"

KOWEIT É UMA COLÓNIA NORTE-AMERICANA DE ESPIONAGEM

O Pentágono norte-americano transformou o território do Koweit numa colónia de espionagem que funciona como um pólo estratégico para as guerras do Iraque e, sobretudo, da Síria. Mais um sinal de que a agressão contra este país se vai reforçar.

TRUMP RELANÇA GUERRA CONTRA A SÍRIA (E A RÚSSIA)

Jogo aberto, sem eufemismos nem exercícios semânticos. O discurso do presidente dos Estados Unidos na Assembleia Geral da ONU regressou àquela que é a estratégia de sempre do Pentágono, pelo menos há dez anos: derrubar o governo da Síria, apear "o carniceiro de Damasco" - parafraseando Trump. Nada de "revoltas populares", ou "primaveras árabes" ou inexistentes distinções entre terroristas "moderados" e "radicais". Guerra de agressão para mudar um regime e fazer com que a Síria siga o caminho do Iraque ou da Líbia. Nada mais. Porém, neste caso, procurar consumar o objectivo significa entrar em confronto com a Rússia. Estaremos então perante uma situação de guerra com amplitude e consequências incalculáveis. Agora ficou claro: os países que insistirem em manter-se associados a Washington na chamada "coligação internacional" já sabem ao que vão.

ASSINANTES SOLIDÁRIOS

O reforço da Informação Independente como antídoto para a propaganda global.
Bastam 50 cêntimos, o preço de um café, 1 euro, 5 euros, 10 euros…

saber mais
RENOVAÇÃO DE ASSINATURAS

Estimado Assinante,

Se a sua assinatura está prestes a expirar e desejar renová-la deverá proceder como anteriormente: escolher a periodicidade e a forma de pagamento.
Pode igualmente aderir à nossa acção de "assinatura solidária", contribuindo assim para reforço dos conteúdos de O Lado Oculto e assegurando a sua continuidade.

Grato pelo seu apoio
O Colectivo Redactorial

fechar
goto top