O LADO OCULTO - Jornal Digital de Informação Internacional | Director: José Goulão

O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

Assinar

PORQUE A NATO DESTRUIU A LÍBIA HÁ DEZ ANOS

Embora o Pentágono tivesse já decidido destruir todas as estruturas estatais do Médio Oriente alargado, país por país, apenas a urgência financeira explica porque a vez da Líbia tenha chegado em 2011, numa altura em que o país era aliado de Washington. O velho colonialismo imperial recorreu mais uma vez ao poder militar com o objectivo de travar os esforços africanos para cortar amarras e dependências, principalmente através da criação de um mercado único e de uma moeda única que pusesse fim ao reinado regional do dólar e do franco CFA. O poder financeiro líbio iria sustentar essas transformações; por isso a Líbia pagou (e está a pagar) o preço às mãos do terrorismo colonial da NATO.

O ESPELHO DE JOSEPH BIDEN

O presidente dos Estados Unidos da América chamou “assassino” ao presidente da Federação Russa. E assegurou que ele irá pagar por isso. Ora quando estão envolvidas no assunto as duas principais potências nucleares mundiais e a ameaça é tão assertiva, na sequência do insulto, percebe-se que uma tão peculiar espécie de diplomacia não tem a ver com azedumes pessoais, jogando antes com a vida de todos nós.

PERFIL DA NOVA TROPA DE CHOQUE DO IMPÉRIO

Intelligence Online, uma newsletter internacional que divulga recados dos serviços secretos ocidentais, publica um curto texto sob o sugestivo título “Biden vai acabar na Síria o que Obama começou”. Mais palavras são desnecessárias: a frase vale pelas 10 ou 20 mil palavras de um programa de governo. Ilusões para que vos quero.

OS PROFETAS DO VÍRUS

No dia 18 de Outubro de 2019, dezena e meia de tecnocratas de luxo ao serviço das mais altas esferas do regime neoliberal globalista reuniram-se num hotel de Nova York para realizar “um exercício pandémico de alto nível” designado Event 201; consistiu na “simulação de um surto de um novo coronavírus” de âmbito mundial no qual, “à medida que os casos e mortes se avolumam, as consequências tornam-se cada vez mais graves” devido “ao crescimento exponencial semana a semana”. Ninguém ouvira falar ainda de qualquer caso de infecção: estávamos a 20 dias de o jornal britânico Guardian noticiar o aparecimento na China de uma nova doença respiratória provocada – soube-se só algumas semanas depois – por um novo coronavírus. Os dons proféticos dos expoentes do neoliberalismo são, sem dúvida, admiráveis.

O SUJO ENIGMA GEOPOLÍTICO DA TRAGÉDIA DO MH17

Golpe na Ucrânia, administração Obama e oligarcas ucranianos: vértices de um triângulo sujo ligado à tragédia do derrube do MH17 e que o primeiro-ministro da Malásia colocou em escrutínio.

ASSINANTES SOLIDÁRIOS

O reforço da Informação Independente como antídoto para a propaganda global.
Bastam 50 cêntimos, o preço de um café, 1 euro, 5 euros, 10 euros…

saber mais
RENOVAÇÃO DE ASSINATURAS

Estimado Assinante,

Se a sua assinatura está prestes a expirar e desejar renová-la deverá proceder como anteriormente: escolher a periodicidade e a forma de pagamento.
Pode igualmente aderir à nossa acção de "assinatura solidária", contribuindo assim para reforço dos conteúdos de O Lado Oculto e assegurando a sua continuidade.

Grato pelo seu apoio
O Colectivo Redactorial

fechar
goto top