O LADO OCULTO - Jornal Digital de Informação Internacional | Director: José Goulão

O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

Assinar

AS MISTERIOSAS MORTES DE DOIS INVESTIGADORES DO COVID-19

A Academia não tem reputação de ser um cenário repleto de violência e mortes súbitas e inexplicáveis. Apesar disso, no auge da pandemia de COVID-19 dois jovens investigadores pioneiros no mesmo campo de estudo encontraram fins misteriosos.

A ORDEM RACISTA GOVERNA OS ESTADOS UNIDOS

Na segunda-feira 25 de Maio, Dia dos Caídos nos Estados Unidos, George Floyd suplicava pela vida enquanto Derek Chauvin, agente da polícia de Minneapolis lhe esmagava o pescoço com um joelho contra o pavimento. “Por favor, por favor senhor agente! Não consigo respirar, não consigo respirar”, suspirava George Floyd com as mãos algemadas atrás das costas. As testemunhas dos acontecimentos pediram repetidamente a Chauvin que abrandasse a pressão, mas o agente continuou com o joelho enterrado no pescoço de Floyd. Um devastador vídeo de dez minutos registou este assassínio em câmara lenta, cada respiração mais débil que a anterior. Até que o corpo inerte de Floyd foi atirado para uma maca e transportado numa ambulância para o hospital, onde foi declarada a morte.

DUAS SEMANAS QUE ARREPIARAM O MUNDO

Antes que a enxurrada de desinformação produzida pela comunicação social corporativa mistifique a história oficial destes dias de guerra, caos e ilegalidade na cena internacional é altura de descodificar a cadeia de acontecimentos para que seja possível distribuir responsabilidades e invalidar mentiras. Se os Estados Unidos da América, como é habitual e natural, sobressaem como os artífices de uma trama que ameaça o planeta, é importante notar que o “nosso mundo civilizado”, com a NATO e a União Europeia à cabeça, não fazem figura de inocentes. Aliás, nem o governo da República Portuguesa se salva.

WASHINGTON INVENTA UM PARLAMENTO PARA GUAIDÓ

O autoproclamado Juan Guaidó foi apeado domingo da presidência da Assembleia Nacional da Venezuela por deputados da oposição, do seu próprio partido e aliados. O cargo serviu-lhe, há um ano, para se catapultar à “presidência interina” do país. Despedido de funções, a justificação de ocupar a presidência do Parlamento para continuar a ser “chefe de Estado” deixou de existir. Então, Washington resolveu o problema: inventou uma Assembleia Nacional paralela na sede de um jornal de oposição e “elegeu” Guaidó o seu presidente. No “quintal das traseiras” vale tudo para impôr “a legalidade”.

TPI, A JUSTIÇA INTERNACIONAL DE FAZ DE CONTA

O Estatuto de Roma e o Tribunal Penal Internacional (TPI) estão em vigor há 17 anos, coincidindo este período com guerras terríveis como as do Afeganistão, do Iraque, da Líbia e da Síria. Nas instâncias daquele tribunal não há conhecimento de qualquer acção concreta contra crimes de guerra praticados por tropas dos principais fazedores de guerra, os Estados Unidos e os seus aliados da NATO. Por não praticarem crimes de guerra? Não é o que consta de sucessivos relatórios com provas gritantes, mas cujos conteúdos se esfumam no ar. A “justiça internacional” é apenas um instrumento de faz de conta.

GRETA THUNBERG E A CRUZADA DAS CRIANÇAS VERDES

Ao seguirmos as pisadas desse fenómeno mundial chamado Greta Thunberg iremos encontrar, para surpresa de muitos – de outros, nem tanto – gente bastante graúda, entidades e personalidades através das quais é possível detectar rastos do ex-vice-presidente dos Estados Unidos da América, Al Gore, do Goldman Sachs, o banco dos bancos, da Pepsi, dos maiores fundos de activos do mundo, da Shell, da General Motors, do Google e da Pfizer, de âncoras do neoliberalismo como a OCDE, o FMI ou o Banco Mundial, de ex-membros de governos não menos ultraliberais. E apetece-nos tentar perceber como é que pessoas e organizações que contribuíram para estragar o clima estão agora empenhadas em salvar o clima. A explicação até não será muito difícil se olharmos Thunberg como um instrumento de agitação e propaganda para “legitimar” aquele que se perspectiva como o maior negócio destes tempos.

A TRAGÉDIA DA ÁGUA EM EL SALVADOR: UM CASO EXEMPLAR

A direita de El Salvador impõe que o "mercado" faça a gestão da água, antecipando a sua privatização. Resultado: a crise da água está a transformar-se numa tragédia humanitária.

A CENSURA DA UNIÃO EUROPEIA JÁ ESTÁ EM MARCHA

Task Force para a Comunicação Estratégica é a nova entidade que, segundo a Comissão Europeia, cumpre "o plano contra a desinformação" que já está a vigorar na União Europeia. Um plano para combater "a deformação e a falsificação dos factos para criar a confusão e minar a confiança das pessoas nas instituições e nos processos políticos estabelecidos". A Task Force é constituída pelos verificadores, os executores do Fact-checking, isto é, os novos censores. Trata-se de impor, na comunicação social, "o respeito pelos nossos valores europeus e os nossos direitos fundamentais", que são também, por exemplo, os do Grupo dos Sete, da NATO, certamente do FMI, do Banco Mundial. Valores e direitos que, por definição, passam a ser os únicos admitidos. O resto é fake: e assim será porque, como em qualquer ditadura, ninguém verifica os verificadores.

A POLISSEMIA POLÍTICA DO "COLETE AMARELO"

Uma reflexão sobre o fenómeno dos "coletes amarelos", sua inserção em França na fase Macronie, suas repercussões e aproveitamentos internos e externos

REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E TECNOLOGIA DA REVOLUÇÃO

Bolsonaro provocou a saída dos médicos cubanos que ajudavam o povo brasileiro. Sendo Cuba o país com uma reconhecida qualidade de saúde, a decisão faz pensar...

ASSINANTES SOLIDÁRIOS

O reforço da Informação Independente como antídoto para a propaganda global.
Bastam 50 cêntimos, o preço de um café, 1 euro, 5 euros, 10 euros…

saber mais
RENOVAÇÃO DE ASSINATURAS

Estimado Assinante,

Se a sua assinatura está prestes a expirar e desejar renová-la deverá proceder como anteriormente: escolher a periodicidade e a forma de pagamento.
Pode igualmente aderir à nossa acção de "assinatura solidária", contribuindo assim para reforço dos conteúdos de O Lado Oculto e assegurando a sua continuidade.

Grato pelo seu apoio
O Colectivo Redactorial

fechar
goto top