O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

VIAGEM AO MUNDO DA VERDADE ÚNICA

Uma viagem ao mundo da “estratégia de comunicação” da União Europeia e respectivas emanações é uma experiência indispensável para confirmar os indícios de que os dirigentes europeus convivem cada vez mais desconfortavelmente com a liberdade de opinião. Na verdade, como ilustra essa incursão, já encaram a informação como propaganda, o contraditório como um abuso e a liberdade como um delito. Está aberto o caminho para a imposição da opinião única, em que se baseiam todas as formas de censura, desde a dos coronéis à dos “fact-checkers” contratados a peso de ouro por Bruxelas.

FALSO ATAQUE DE DUMA: MAIS PROVAS DA ENCENAÇÃO

Novas provas apresentadas pela OPAQ dissipam as poucas dúvidas que pudessem existir sobre a falsificação do "ataque químico" em Duma que originou um bombardeamento de Washington contra a Síria, em Abril de 2018

EUA E ISRAEL PLANEIAM GUERRA CIVIL NO LÍBANO

Israel e os Estados Unidos têm projectos para desencadear uma guerra civil no Líbano que conduza ao desmantelamento do Hezbollah. O plano já chegou às mãos do presidente libanês

O TRIUNFO DA MENTIRA GLOBAL

Não houve qualquer ataque químico em Duma, na Síria, no dia 7 de Abril de 2018. A Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ/OPCW) investigou o local, não detectou vestígios de substâncias tóxicas nem conseguiu contar os mortos, "se é que os houve". As imagens foram encenadas, como têm vindo a denunciar numerosos jornalistas que respeitam a ética da profissão. Esse suposto "ataque", recorda-se, levou os Estados Unidos, a França e o Reino Unido a bombardearem a Síria uma semana depois. No entanto, a informação dominante que intoxicou o mundo com as imagens falsas não restaura agora a verdade nem sequer dá relevo ao relatório da OPAQ. É o triunfo da mentira.

ATAQUE QUÍMICO A SÉRIO COBERTO PELO SILÊNCIO

A ONU e a comunicação mainstream não se alarmaram, desta feita, com o ataque químico terrorista contra civis em Alepo, na Síria

FALSOS ATAQUES QUÍMICOS EM PREPARAÇÃO NA SÍRIA

Desmascarados, mas sem emenda. Os Capacetes Brancos continuam a encenar ataques químicos na Síria, cumprindo a estratégia da al-Qaida

“ATAQUE QUÍMICO” EM IDLEB: OS SEGREDOS DA ENCENAÇÃO

Saiba aqui como os "Capacetes Brancos", um ramo dos serviços secretos britânicos, encenam um falso "ataque químico" na Síria para acusar o governo de Damasco e proporcionar nova agressão norte-americana para defende a al-Qaida

SÍRIA: A OFENSIVA DE IDLEB, AS ENCENAÇÕES E O RESTO

A guerra contra a Síria regressa às primeiras páginas. Na iminência de perderem Idleb, o bastião mais importante que ainda têm em seu poder, os batalhões terroristas - "moderados" ou não - e a coligação de potências ocidentais que os sustenta criam um clima de terror e mistificação em que abundam as palavras "massacre" e catástrofe humanitária, sem esquecer o alarme contra um possível novo ataque com "armas químicas". Para isso, os "Capacetes Brancos" estão no terreno com as suas equipas de encenação, à espera do momento indicado pelos serviços secretos britânicos. Tudo para que a agressão continue, apesar das vitórias do exército sírio e seus aliados.

Iniciar sessão

Recuperar password

goto top