O LADO OCULTO - Jornal Digital de Informação Internacional | Director: José Goulão

O Lado Oculto é uma publicação livre e independente. As opiniões manifestadas pelos colaboradores não vinculam os membros do Colectivo Redactorial, entidade que define a linha informativa.

Assinar

NETANYAHU FALHOU: ISRAEL VOLTA ÀS URNAS

Netanyahu teve sete semanas para constituir uma coligação governamental e falhou. Faltou-lhe um deputado. Os israelitas voltam às urnas em Setembro.

PENTÁGONO MANDA 10 MIL SOLDADOS PARA O MÉDIO ORIENTE

Os Estados Unidos vão enviar mais dez mil efectivos militares para o Médio Oriente, juntando-se ao porta-aviões Abraham Lincoln e respectivo grupo de combate.

O MUNDO NAS MÃOS DE UM TRIUNVIRATO FASCISTA

A humanidade e o planeta estão nas mãos de um triunvirato de energúmenos, indubitavelmente potenciais serial killers, que rodeiam o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Não há qualquer maneira de dourar a pílula. Michael Pence, vice-presidente, Michael Pompeo, secretário de Estado, e John Bolton, conselheiro de Segurança Nacional associam mentalidades políticas fascistas a comportamentos em realidades paralelas nas quais a vida humana não tem qualquer valor.

O IRÃO E OS IDIOTAS ÚTEIS

O Brasil e Israel reuniram-se sobre uma eventual agressão ao Irão. Bolsonaro compromete assim as relações com o quinto mercado comercial do Brasil, com um superávite superior a 16 mil milhões de dólares.

QUEM GANHA COM A “SABOTAGEM” NO GOLFO?

Uma suposta "sabotagem" de petroleiros sauditas é noticiada depois de uma chuva de advertências de Washington contra "ameaças iranianas". Muito conveniente para criar um clima de guerra.

FALSO ATAQUE DE DUMA: MAIS PROVAS DA ENCENAÇÃO

Novas provas apresentadas pela OPAQ dissipam as poucas dúvidas que pudessem existir sobre a falsificação do "ataque químico" em Duma que originou um bombardeamento de Washington contra a Síria, em Abril de 2018

WASHINGTON PUBLICA GUIA “PARA DERRUBAR GOVERNOS”

A Escola das Forças Especiais dos Estados faz um balanço de mais de 60 anos de actividades golpistas no mundo. Um autêntico "guia para derrubar governos estrangeiros".

ATÉ AO ÚLTIMO DOS PALESTINIANOS…

O que está em curso há mais de setenta anos contra o povo palestiniano é um genocídio. Bárbaro. Impune. Ignorado. Branqueado por uma “comunidade internacional” que repudia o próprio direito pelo qual deveria guiar-se; e por uma comunicação social vesga e totalitária que tomou conscientemente o partido dos genocidas, pelo que chega ao comportamento perverso de acusar as vítimas de práticas terroristas.

CINTURA E ROTA, UMA REVOLUÇÃO GEOPOLÍTICA

Iniciativa Cintura e Rota: a cooperação em vez do diktat imperial; a negociação no lugar da imposição. Mais de 150 países associam-se num projecto para uma nova ordem internacional

WASHINGTON FABRICA PRETEXTO PARA ATACAR O IRÃO

Os Estados Unidos colocaram o porta-aviões Abraham Lincoln e o respectivo grupo de combate na área de intervenção do Médio Oriente. John Bolton, o fascista que chefia o Conselho Nacional de Segurança, explicou esse movimento de uma forma suficientemente vaga para nela caber um pretexto, por mais absurdo que seja, para atacar militarmente o Irão. Em causa estão, para Bolton, actos atribuíveis não apenas a tropas regulares do Irão, à Guarda Revolucionária ou ainda a qualquer milícia xiita do Líbano ao Iémen. A equipa de sociopatas da administração Trump está cada vez mais à solta e sem limites.

UNIÃO EUROPEIA É CÚMPLICE DO APARTHEID ISRAELITA

O embaixador cessante de França nos Estados Unidos, Gérard Araud, não tem dúvidas: Israel é um Estado que pratica o apartheid; e a União Europeia é cúmplice dessa situação aviltante para os direitos humanos agindo como um súbdito dos Estados Unidos e da política terrorista de Israel. Outros diplomatas de Estados membros da União pensam da mesma maneira, mas nada disso se reflecte na acção de Bruxelas e dos governos dos 28. A colonização da Cisjordânia está prestes a transformar-se em anexação e a União Europeia, proclamando-se "farol da democracia", não mexe um dedo para impedir que tal aconteça.

EXÉRCITO DE MERCENÁRIOS AMEAÇA A VENEZUELA

Erik Prince, fundador da empresa terrorista Blackwater, propôs a Trump a criação de um exército de mercenários para levar Guaidó ao poder na Venezuela

fechar
goto top